- CURSOS E JORNADAS
  - CASOS CLÍNICOS
  - TRABALHOS CIENTÍFICOS
 
 

Ressonância Magnética

DESCRIÇÃO: A RM é capaz de proporcionar um avançado diagnóstico em diferentes partes do corpo. Trata-se de um aparelho, de avançada tecnologia, que utiliza um intenso campo magnético para gerar as imagens. É um simples exame e que não emite radiação, preservando assim à saúde do paciente.

UNIDADES: Bento Gonçalves e Nova Prata


   

Mamografia Digital

A Clínica Radiológica   CVD - Diagnóstico Por Imagem   investe continuamente em atualizaçao tecnologica e profissional, sendo pioneira na Serra Gaúcha em Mamografia Digital, com equipamento funcionando desde 3 de novembro de 2008 na cidade de Veranópolis e desde 11 de Abril deste ano disponibiliza  este método também para a cidade de Bento Gonçalves.

Mas o que é Mamografia Digital?
A Mamografia Digital usa computadores e detectores projetados especificamente para obter uma imagem digital, computadorizada como um arquivo. Esta imagem pode ser manipulada em estações de laudo com recursos praticamente ilimitados para auxiliar na interpretação das imagens, e esta é a grande vantagem em relação à mamografia convencional, onde o radiologista possui somente o filme para interpretação. Na Mamografia Digital, o filme é o que menos tem interesse e importância. No sistema convencional, uma vez que  imagem já esta formada, não é possível manipulá-la para aperfeiçoar a sua visualização.

Na Mamografia Digital, para obtenção das imagens, são utilizados cassetes com placas de fósforo sensíveis à radiação. Após a realização do exame com a paciente, este cassete é passado em um leitor de imagens e digitalizado. Antes existiam cassetes com filmes convencionais no seu interior que eram revelados em sala escura e submetidos a vários produtos químicos para fixação e revelação em sala própria e esta é a grande desvantagem da mamografia convencional, pois este processamento está sujeito a reações químicas que podem prejudicar a qualidade da imagem e poluir o meio ambiente, já que os dejetos são lançados no sistema fluvial. Agora a revelação é muito mais rápida, pois possui sistema laser a seco, sem nenhum produto químico, gerando uma imagem em filme de qualidade incomparável em relação ao sistema convencional. Além de  poder ser arquivada em qualquer tipo de midia.

A estação de laudo deve possuir monitores de alta resolução, tela anti-refletiva, e recursos de tratamento como inversão de valores negativo-positivo, mensuraçao de densidades, estruturas, magnificação total ou localizada, alteração do brilho e contraste, recursos diferenciados para impressão, entre outros. Alguns destes recursos também estarão disponíveis no console do tecnólogo / técnico.

Um exame de Mamografia Digital normalmente demora menos da metade do tempo de um exame tradicional em filme. Além disso, existe menos probabilidade da paciente ser chamada para refazer seu exame.

Com a singular capacidade de ressaltar certas áreas para conseguir imagens mais precisas, o médico tem opções de visualização anteriormente impossíveis. As imagens da mama podem ser ampliadas ou reduzidas e o seu contraste pode ser atenuado ou reforçado. Além disso, este método possui um recurso de inversão de preto para branco e vice-versa. Estes recursos ajudam na detecção precoce de microcalcificações. Todos estes realces de imagem ajudam a melhorar o potencial de diagnóstico - e isso pode ser feito sem a presença do paciente na sala de exames sendo visualizados por outros médicos em estações de laudo. As imagens digitais proporcionam maior visibilidade da mama, particularmente próximo à superfície da pele, parede do tórax e de mulheres com tecido mamário denso. Além disso, as imagens digitais são úteis para mulheres com implantes e para obtenção de imagens de pacientes com anomalias conhecidas. Com maior resolução de imagem, a Mamografia Digital é comprovadamente a melhor e mais avançada tecnologia do mercado mundial, realizando exames com maior conforto, precisão e qualidade diagnóstica, em menor tempo. E acima de tudo, a detecção mais precoce das patologias da mama.

Quais as vantagens da Mamografia Digital em relação à
mamografia convencional?
• Maior possibilidade de detecção de câncer de mama em fase inicial;
• Maior segurança para a paciente;
• Menor dose de radiação;
• Não utiliza o filme para interpretação;
• Exame mais rápido, eliminando repetições e complementos com radiografias focadas ou magnificadas;
• Preserva o meio ambiente, não utilizando produtos químicos na revelação dos filmes;
• Obriga a constante atualização do médico radiologista responsável pelo laudo;
• Interpretação do exame por imagem em computador, com vários recursos;
• Exame pode ser documentado em qualquer mídia - DVD, CD, papel, filme, pendrive, etc, ou simplesmente pode ser encaminhado por e-mail;
• Arquivo digital, sem necessidade de guardar filmes ou papel.

Selo de Qualidade do Colégio Brasileiro de Radiologia
Aliado à Mamografia Digital, o CVD possui o selo de qualidade do Colégio Brasileiro de Radiologia, entidade responsável por todos os radiologistas que são membros titulares. Para obtenção deste selo o CVD passou por três etapas em avaliação que duraram um ano.

1™ Etapa - Avaliação do equipamento, quanto ao nível de radiação submetido ao paciente e qualidade na imagem, através de chip inserido no cassete e posteriormente avaliado pela comissão de físicos do CBR.33$

UNIDADES: Bento Gonçalves e Veranópolis


   

Ultrassonografia Geral e 4D

DESCRIÇÃO: Este exame utiliza-se de ondas de som, os ultra-som, não captantes pelo ouvido humano, para gerar imagens radiológicas que formarão o diagnóstico médico. Não há emissão de radiação, portanto, sem efeitos prejudiciais à saúde do paciente.

UNIDADES: Bento Gonçalve e Veranópolis / Clínica


   

Ultrassonografia Morfológica Fetal de Rastreamento Cromossômico

DESCRIÇÃO: Este exame utiliza-se de ondas de som, os ultra-som, não captantes pelo ouvido humano, para gerar imagens radiológicas que formarão o diagnóstico médico. Não há emissão de radiação, portanto, sem efeitos prejudiciais à saúde do paciente.

UNIDADES: Bento Gonçalve e Veranópolis / Clínica


   

Tomografia Computadorizada Helicoidal

DESCRIÇÃO: É um moderno exame computadorizado de raios-x. Diferentemente do exame convencional de raios-x, a tomografia, permite a emissão de raios-x em 360 graus em torno de corpo humano. Desta forma, é possível obter imagens em 2 dimensões, auxiliando o diagnóstico. Seu nível de radiação é baixo, não causando malefícios.

UNIDADES: Veranópolis / Hospital


   

Tomografia Computadorizada Multislice

DESCRIÇÃO: É um método que, utilizando-se dos Rx e de uma aparelhagem complexa acionada por computadores de alta tecnologia, consegue obter imagens através de fatias de espessuras variáveis com impressionantes detalhes das diversas partes do corpo. Além disso, o computador também é capaz de juntar, posteriormente, as imagens dessas diversas fatias e reconstruir o órgão por completo, inclusive em 3 dimensões.

Este método foi idealizado pelo físico Sir. Godfrey N. Hounsfield (1919 a 2004), natural de Nottinghanshire – Inglaterra, que recebeu o prêmio Nobel por seu invento o qual propiciou grande avanço à medicina. Seu espírito de pesquisador também propiciou estímulo inestimável para a pesquisa científica em um ambiente extremamente favorável para o surgimento, posterior, de outros grandes métodos de diagnósticos, incluindo-se as imagens por ressonância magnética.

A Tomografia Computadorizada Multislice representa uma grande evolução em relação a Tomografia Computadorizada convencional. Seu grande diferencial consiste na aquisição de imagens com espessuras submilimétricas no plano axial e a reconstrução dessa imagens nos outros planos: sargital, coronal ou 3D.

UNIDADES: Bento Gonçalves


   

Radiologia Digital

DESCRIÇÃO: Abdome, adenóides, antebraço, arcos, articulação acrômio clavicular, articulação coxo-femural, articulação escapulo-umeral, articulação esterno-clavicular, articulação sacro-ilíacas, articulação temporo-mandibular, articulação tíbio-tarsica, artrografia, atm bilateral, bacia, braço, calcâneo, cavum, clavícula, clister opaco, colangiografia, coluna cervical, coluna dorsal, coluna lombo-sacra, coluna panorâmica, coluna para escoliose, coluna vertebral, condutos aditivos internos, coração e vasos da base, costelas, cotovelo, coxa, crânio, dacriocistografia, esôfago, esqueleto, esterno, estomago e duodeno, extremidade, idade óssea, joelho, mão, mãos e punhos, mastóides, maxilar, mediastino, membros inferiores, metrocistografia, ombro, órbitas, ossos da face, panorâmica de mandíbula, pé, perna, pescoço, pielografia, punho, quadril, sacro-coccix, seios da face, sela turca, seriografia, tíbia, tórax, tornozelo, uretrocistografia, urografia.

UNIDADES: Veranópolis / Clínica


   

Densitometria Óssea

DESCRIÇÃO: A densitometria óssea é apropriada para medir a massa óssea de específicos ossos, assim como do corpo inteiro, quantificando a perda óssea e o risco de fraturas. Assim sendo, o exame proporciona o diagnóstico do grau de osteoporose.

UNIDADES: Veranópolis / Hospital






<< volta

 
     
   
 
Home | Sobre Nós | Corpo Clínico | Fale Conosco | Central de Atendimento |

Convênios

| Dúvidas Frequentes | Exames Realizados
CENTRO VERANENSE DE DIAGNÓSTICOS   |   2011